terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Resenha: Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore + De Olho na Edição #3

Título: Eu Sou o Número Quatro
Série: Os Legados de Lorien
Autor: Pittacus Lore
Editora: Intrínseca

"Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos — mas somos reais. Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. O Número Um foi capturado na Malásia. O Número Dois, na Inglaterra. E o Número Três, no Quênia. Eu sou o Número Quatro. Eu sou o próximo."

Eu sou o Número Quatro é o primeiro livro da série Os Legados de Lorien, escrita por Pittacus Lores (pseudônimo de Jobie Hughes e James Frey) e lançado no Brasil pela editora Intrínseca. O livro é uma ficção-científica que aborda um tema distinto: alienígenas. Confesso que faz muito tempo que estava louco para ler esse livro, minhas expectativas estavam lá no alto e posso dizer que não me decepcionei em nenhum momento, o livro até superou minhas expectativas. Acontece que eu gosto muito de livros de fantasia/sobrenatural e esse conseguiu se diferenciar bastante dos demais por causa de seu tema e mitologia,  pois eu nunca tinha lido nada sobre Aliens, o que me fez gostar ainda mais da leitura.

A história narra a trajetória de John, ou melhor, o número quatro. Quando criança, ele veio com outras 8 crianças e seus respectivos Cêpans (guardiões) de um planeta chamado Lorien. Lorien é um planeta super desenvolvido, que inclusive ajudou o planeta Terra a se desenvolver. Com o tempo ele se tornou autossustentável, descartando tudo aquilo que era prejudicial para o meio ambiente. Com essa evolução, certos cidadães (a Garde) desenvolveram poderes a fim de proteger e ajudar o planeta. Sendo assim, nesse planeta existe dois tipos de cidadãos: os Gardes e os Cêpans. Os Gardes são aqueles que tem super poderes, que podem variar desde ler mentes, voar, ficar invisível, manipular as forças da natureza, etc. Esses poderes surgem quando seus legados são desenvolvidos, e cabe aos Cêpans a missão de ajudá-los a treinar e desenvolver os poderes.


Lorien foi atacada e invadida pelos Morgadorianos, uma raça de outro planeta que, ao ver seu planeta acabando, decidem consumir os recursos naturais de outros lugares. A população de Lorien foi quase inteira distinta, restando apenas 9 Gardes e seus Cêpans, que escaparam em uma nave e vieram parar no planeta Terra, vivendo escondidos entre nós até os dias de hoje, se preparando para a grande batalha. Eles são a esperança e a única chance que o planeta Lorien tem de se reerguer. Porém, eles logo descobrem que outro planeta também está correndo perigo, pois os Morgadorianos desejam dominar o planeta Terra.

Ao fugirem de seu planeta, os nove Gardes foram separados e enumerados, graças a um feitiço que lhes darão mais segurança. Esse feitiço garante que enquanto estiverem separados, eles só poderão ser motos pela ordem de seus números. Pois, os Morgadorianos estão na terra para perseguir e matar os que sobreviveram, pois eles (os Gardes) são um perigo para a evolução que eles (os Morgadorianos) estão planejando. A cada nova morte, os Gardes ganham uma cicatriz no tornozelo, um símbolo Lórico que serve para eles saberem quantos estão mortos e quantos faltam para chegar sua vez. O livro começa com a morte do 3, e sendo assim, o personagem principal, o 4 está correndo perigo. 


O número 4 assume uma nova identidade (John Smith) e se muda, junto com Henri (seu Cêpan), para Paradise, Ohio, tentando ter uma vida normal e permanecer escondido. Porém, no colégio novo ele acaba se envolvendo com Sarah, o que dificulta seu plano de fugir a qualquer sinal de perigo. Permanecer normal está cada vez mais difícil, pois John está desenvolvendo seus legados e se preparando para lutar contra os Morgadorianos. 

Meu personagem favorito é por sinal a que menos apareceu no livro, a Número Seis. Também gostei muito do Sam, o clássico garoto nerd obcecado por alienígenas. Porém, ele consegue ser extremamente divertido e cativante, dei muitas gargalhadas com ele e as cenas em que ele aparecia sempre deixavam a história mais leve. Bernie (cachorro do John) é uma fofura e confesso que logo no começo eu já desvendei o seu mistério. Gostei do Número Quatro, mesmo ele me irritando em alguns momentos. Porém, não senti nada pela Sarah, achei ela totalmente morna na história e não contribuiu para NADA. Sendo assim, o romance do livro é totalmente avulso e isso me incomodou bastante.

Eu Sou O Número Quatro é um livro completamente envolvente e que tem uma ótima trama por trás, esse lance de Números me atraiu bastante, pois achei uma ideia bem original. As cenas de ação do livro são incríveis, acho que isso vai funcionar muito bem na adaptação cinematográfica. Um livro para quem procura romance, diversão (pois sim, tem MUITAS cenas cômicas aqui), ação e certo mistério. O livro não é chato em nenhum momento, por mais que o começo seja um pouco parado. Recomendo demais! 


Classificação:






Quotes favoritos:

"Não precisamos ser definidos pelas ações que fizemos ou que deixamos de fazer no passado. Algumas pessoas se deixam controlar pelo arrependimento. Talvez seja um arrependimento justo, talvez não. É só alguma coisa que aconteceu. Supere."
"A melhor maneira de lidar com o medo é enfrentá-lo."
"Essa é a pior maneira de sentir falta de alguém. Quando a pessoa está a seu lado e ainda assim você sente falta dela."
"- Ela segura meu rosto. Puxa-me para perto e beija meus lábios. Não quero que ela pare. Não quero  que ela pare nunca mais de me beijar. Enquanto Sarah me beija, tudo está bem. Eu ficaria nesse quarto para sempre, se pudesse. O mundo pode seguir sem mim, sem nós. Desde que  possamos ficar ali juntos, nos braços um do outro."
"O preço de uma lembrança é a lembrança da dor que ela traz."


E vocês já leram Eu Sou o Número Quatro? O que acharam? Estão curiosos para ler?
Não deixem de comentar abaixo! 

19 comentários:

  1. Eu preciso comprar a série! Já li pelo Scribd e amei, achei o enredo fantástico, me joguei na leitura e fiquei buscando por mais. Uma pena o filme ter sido tão decepcionante!
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A série é maravilhosa, estou no segundo livro e ele tá já superou o primeiro haha. Ainda não vi o filme, mas já é normal os filmes decepcionarem :/r

      Excluir
    2. HAHA' Eu já li todos os livros e ebook's, aguardo ansiosamente pelo quinto livro *o*
      A série é muuuuuuuito boa ! Acho que vocês vão se surpreender igual eu rs
      E veja o filme, eu acho que vale a pena... não chega aos pés do livro, maaas, não é tão ruim assim.

      Excluir
  2. Own, eu ameeeeei esse livro!
    É um dos meus favoritos.
    Me deu até saudade vendo a sua resenha e as fotos...

    http://cheirinhodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Ana, essa série ainda é novidade para mim, estou lendo o segundo livro e estou amando, virou queridinha.

      Excluir
  3. Tenho muita vontade de ler essa série, quero mais tempo do que tenho para ler todos os livros que quero. kkkkkk

    Excelente resenha :)

    Bjim!!!

    Tammy
    Livreando

    ResponderExcluir
  4. Já tinha assistido o filme, mas como não achei o filme tãaao bom assim, não tinha me animado a ler, mas a sua resenha deu uma animada, talvez eu tente ler esse ano ainda. To igual a Tammy do comentário acima: Quero mais tempo para ler...

    Abraço,
    http://fantasticosmundosdepapel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena o filme não ser muito bom, até desanimei para ver ele agora :/

      Excluir
  5. Já li o livro, adorei a resenha e a seleção de "quotes favoritos". Achei perfeita essa ideia! Sempre tem uma frase de efeito nos livros que me chama a atenção mas eu nunca me lembro de marcá-las ou anotá-las e depois perco onde estava... rsrs. Enfim, adorei!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh que bom que gostou Juliana, eu sou meio viciado em quotes mesmo, já leio com um marcador ao lado HAHAH.

      Excluir
  6. Quem ainda não leu, eu recomendo, essa série é demais. Eu acabei de ler o terceiro recentemente e estou muitoooo ansiosa para ler o próximo.

    Pena que o filme não foi bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda estou no segundo e ele tá MUITO BOM, até melhor que o primeiro :D

      Excluir
  7. Sou Lorieno, já li todos os livros e os e-books, vale muito a pena.. Gostei da resenha, porém discordo de você em relação a Sarah, eu gosto dela.. rs
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  8. Li tds os livros de Os Legados de Lorien. Amo essa série.
    Ah, ótima resenha. =)

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela resenha ;) o filme tem algumas coisas diferentes do livro e eu achei essa pequena diferença super irritante! :@ ja li toda a série principal, estava esperando lançar o próximo livro, mas demorou demais e então deixei pra lá, se vc ta no segundo livro deve ser a história da número 7 (não me lembro bem pois números rsrs), mas deve ser a que ela e a cepân dela foge pra uma escola de freiras. Ela cura e respira debaixo d'água, eu acho super lindo o amor dela pelo número 8 rs :D

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha, agora fiquei com vontade de ler o livro rs

    ResponderExcluir
  11. gente alguem tem a colecao eu sou o numero 4

    ResponderExcluir

Perfil


Felipe Mateus
Um devorador de livros. Viciado em young adult, sick-lit, distopia, fantasia, thriller e dentre outros gêneros que não sabe nem como classifica... O blog é uma forma que encontrou para expressar seu amor pela literatura.Mais?

Pesquise

Fanpage

Seguidores