domingo, 21 de julho de 2013

Resenha do livro: O Melhor de Mim - Nicholas Sparks



O melhor de mim foi escrito por Nicholas Sparks e lançado pela Editora Arqueiro, em 2011. 

"Quando penso em ficarmos juntos, não estou falando em lua de mel. Estou falando de você e de mim, duas pessoas reais. Quero acordar de manhã com você ao meu lado, quero chegar à noite e jantar com você. Quero compartilhar com você cada detalhe bobo do meu dia e ouvir cada detalhe do seu. Quero rir junto com você e dormir com você em meus braços. Porque você não é alguém que amei no passado. Você era minha melhor amiga, a melhor parte de quem eu sou, e não consigo me imaginar desistindo disso outra vez. Eu lhe dei o melhor de mim, e depois que você foi embora, nada jamais voltou a ser o mesmo."
                                                      - O melhor de Mim. Pag. 185


Sabe aquele livro que você começa a ler, sem criar grandes expectativas, e acaba se surpreendendo inexplicavelmente? Então, essa foi minha experiência com O Melhor De Mim, quando ví já estava totalmente envolvido com a história e os personagens. Esse é o quarto livro do Nicholas Sparks que eu leio, e só não conseguiu superar "A Ultima Música" que é o meu favorito do autor, mas não estou tentando comparar.
O Melhor de Mim conta a história de Amanda Collier e Dawson Cole, dois jovens de classes sociais diferentes que enfrentaram muitos problemas para ficarem juntos. Amanda veio de uma família rica e popular na cidade, enquanto Dawson, além de ser pobre, veio de uma família de criminosos, onde todos tem passagem na polícia. Porém Dawson era diferente dos demais, e seu pai ao perceber, passa a bater diariamente no filho, assim como seus primos Ted e Abee. Um dia ele foge de casa e vai morar na oficina de Tuck, um homem de bom coração que passou a ser um pai para ele. Amanda e Dawson (que estudavam juntos) se tornaram melhores amigos, e logo começaram a namorar, sendo mal vistos pela cidade e família de Amanda, que um dia a coloca contra a parede, obrigando-a a ficar longe de Dawson. Vinte e cinco anos depois os dois se reencontram devido ao velório de Tuck e passam um final de semana juntos, que os fazem reviver um amor nunca esquecido, que foi abafado pelo tempo. Porém apesar do sentimento ser o mesmo, as coisas não são tão fáceis para eles. Suas vidas mudaram completamente, principalmente a de Amanada, que agora é casada e tem três filhos. A história nos faz questionar em que momento nossa vida saiu de controle, em que momento nos tornamos essa pessoa que nunca imaginávamos ser. O livro tem lá suas reviravoltas e mistérios, mas principalmente, muito romance e drama familiar.

Sabe aquele livro que faz com que você passe por tudo aquilo que os personagens estão sentindo, torce desesperadamente para tudo dar certo no final, você fica alegre, triste, com raiva, animado, angustiado, enfim, de fato entra na história? Então, esse é O Melhor de Mim. 

Porém, destaco um ponto negativo: O final. Apesar de ser bastante emocionante e surpreender um pouco, uma parte dele eu realmente não consigo engolir, sempre tive a impressão que Dawson gostava mais de Amanda do quê ela, tanto que ele nunca namorou outra pessoa. Entendo ela ter se casado porquê ninguém fica a vida inteira sozinha, só não entendo essa indecisão dela nos últimos capítulos, a desculpa dos filhos não me desce, pois com o tempo eles iriam compreendê-la. Não posso explicar detalhadamente pois iria revelar spoiler, quem ja leu vai entender, e se você ainda não leu, recomendo demais. 

Avaliação: *****

9 comentários:

  1. eu concordo com você em relação a Amanda. Filhos não prende ninguém em um relacionamento. e eles ficariam felizes em ver a mãe feliz.
    eu fiquei impressionada com o final. me deixou muito surpresa.
    garotaadocicada.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é? Haha. Também fiquei impressionado, não esperava esse final pois me mantive o mais longe possível de spoiler.

      Excluir
  2. O final é impressionante,nunca esperei gente!
    Muito lindo esse livro.

    bookandteas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também nunca esperei isso.
      Obrigado por visitar meu blog, adorei o seu tbm ;)

      Excluir
  3. Ah o Nicholas é demais haha'
    Confesso que nunca fui muito fã de romance, mas quando se trata dele, temos de admitir que ele é fera.

    ResponderExcluir
  4. Os livros dele são demais mesmo, hehehhe

    Tem promoção lá no blog... Dá uma passadinha pra conferir...

    Bjoos
    Colecionando Livros

    ResponderExcluir
  5. Também fiz uma resenha desse livro no meu blog! Sou uma grande fã de Nicholas Sparks, já li uns 7 livros dele, e não vou parar rsrs, mas esse eu não gostei assim tanto, achei o final dramático demais, mas já que é do Nicholas amei na mesma xD
    Beijos
    http://portaoazul.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Sem dúvidas, o final é o que maisd emociona, pior, só conseguimos entender o nome do livro no final. Confesso que sinceramente não gostei muito do final, não imaginava aquele final e Dawson é um dos meus personagens favoritos. Achei uma justificativa muito boba a de Amanda, mas enfim, so quem le sabe com o livro é legal...mas o final poderia ter sido melhor...

    ResponderExcluir

Perfil


Felipe Mateus
Um devorador de livros. Viciado em young adult, sick-lit, distopia, fantasia, thriller e dentre outros gêneros que não sabe nem como classifica... O blog é uma forma que encontrou para expressar seu amor pela literatura.Mais?

Pesquise

Fanpage

Seguidores