quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Um Amor Para Recordar - Livro vs Filme


Título: Um amor para recordar
Autor (livro): Nicholas Sparks
Diretor (filme): Adam Shankman
Livro: *****
Filme: ***
“Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.”


Resenha do livro:

Landon é um jovem de boa família, popular, e que não liga muito para os estudos, enquanto Jamie é filha do pastor da cidade, sendo bem religiosa como o pai, além de ser a melhor aluna da turma. No dia do baile da escola, Landon está sem acompanhante e para não ir à festa sozinho, convida Jamie. No começo ele tem muita vergonha de ficar perto dela e ser notado pelos amigos, que sempre fazem zoação com a mesma. Mas aí, eles se aproximam e acabam se apaixonando, fazendo as diferenças desaparecerem. 

Eu me apaixonei pela Jamie junto com o Landon, ela é uma pessoa tão pura, tão inocente, que sempre enxerga o melhor da outra pessoa, sempre está ajudando os outros e quando está passando por problemas, vê aquilo como um plano do Senhor. Como ele próprio disse no livro, ela é um anjo. Deveriam existir mais pessoas assim. Uma coisa que eu gostei bastante foi a forma como a Jamie faz o Landon mudar e amadurecer, o que apesar de ter acontecido um pouco rápido demais, foi bem verdadeiro. 

Nicholas Sparks é de fato, um dos melhores escritores de romance, acredito que o mais famoso atualmente. Um amor para recordar foi o livro do autor que eu mais chorei. A história é simples, mas muito tocante. Esse é um dos primeiros livros do Nicholas Sparks, dá para perceber que a narração dele está bem diferente, mais crua (digamos assim), ou seja, mais objetiva, sem muitos detalhes; o que me agradou bastante, pois o excesso de detalhes (característica do autor) muitas vezes torna a leitura cansativa. 

Livro X Filme: 


Muita gente gosta mais do filme, o que não é o meu caso (não mesmo). Acredito que pelo fato de primeiro ter lido o livro e depois ir ver o filme, fiquei tão revoltado com ele. O filme simplesmente mudou o livro todo, não somente os acontecimentos, como também a personalidade dos personagens.

O Landon do livro não  é tão mal, chato e irritante quando o do filme, no livro ele não é esse bad boy,  suas notas são razoavelmente boas, ele vai até o cemitério SIM, mas só para ficar conversando com os amigos, e não pra ficar vadiando e cometendo crimes como no filme. No filme, ele trata a Jamie MIL VEZES pior, no livro ele se importa com ela, mesmo tendo essa impressão passada por todos da garota nerd religiosa.

A Jamie também foi completamente mudada, no filme a Jamie é cheia de atitude, sarcástica, bate de frente com o Landon várias vezes e não tem todo aquele jeito inocente que eu tanto amei no livro. Além disso, no filme ela não é nem tão religiosa assim, não ajuda no orfanato e nem anda com a bíblia para todo os lados, o filme tirou a melhor tirada do livro,  o fato dela ser toda anti-social e não saber conversar com as outras pessoas sem dizer coisas que envolvam Deus. Ou seja, a Jamie do livro é OUTRA PESSOA. Tanto que, no primeiro encontro dois dois no filme, é a Jamie que corre atrás do Landon para lhe vender uma rifa. Wtf?

Já no começo do filme é visível a diferença, pois no livro nem existe aquela cena do acidente causada por Landon e seus amigos, pois como eu disse, o Landon do livro não é um criminoso. 

No filme, a Jamie tem uma lista de coisas que quer fazer antes de morrer, e o Landon acaba realizando todas elas. Isso não existe no livro, porém, esse foi um bom acréscimo, rendeu cenas lindas e que eu acho que deveria ter no livro. Ok, único ponto positivo do filme hahah.

Por outro lado, o filme tirou uma das melhores cenas do livro, quando o Landon fica com a Jamie no orfanato cuidando das crianças e acaba lhe dando um blusão de presente de natal. No filme ele também dá o presente, porém é  na varanda da casa dela, a cena não chega nem perto da emoção que tem no livro.

A peça de teatro também é toda mudada, no livro Jamie é um ANJO, enquanto no filme ela é uma GAROTA DE CABARÉ. Wft? Outra coisa que eu detestei no filme, foi o fato da Jamie dá para o Landon um caderno onde sua mãe escrevia, e não a BÍBLIA da sua mãe, pode parecer besteira, mas para mim esse detalhe é importante, pois o filme tirou toda a religiosidade escrita pelo Nicholas Sparks. Não sei o motivo de terem mudado o livro tanto assim. Uma mudança e resumida aqui ou ali, tudo bem, mas mudar a essência toda do livro é outra coisa. Por causa disso, dei apenas três estrelas pro filme.

22 comentários:

  1. Não sou muito fã de Nicholas Sparks, mas eu até que gostei do livro, e tanto quanto do filme ( só pra contrariar hahaha)
    Abraços


    http://testraliosedragoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu sou sempre do contra tbm K. Mellark hahah. Brigado pela visita, abraços

      Excluir
  2. Eu vi o filme com minha irmã e minha mãe e gostei, até chorei (olha que eu dificilmente choro em filmes ou livros, eu tenho um coração de pedra hehe). Mas com a comparação que você fez o livro com o filme , o livro parece ser mil vezes melhor (como sempre).
    livros-e-nutella.blogspot.com
    Ps: A capa das duas são horríveis, isso eu tenho que admitir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bea, eu teria gostado do filme se não tivesse o visto como uma adaptação, pois como eu lí o livro primeiro e gostei muito dele, esperava que o filme fosse fiel à ele, o que não aconteceu. Ele como filme em sí, é bem legal mesmo, principalmente para quem não leu o livro. Concordo com você em relação às capas, achava que era o único hahah.

      Excluir
  3. Eu adoro o Livro e o Filme.
    Eu assisti ao filme primeiro e chorei horrores, quando li o livro adivinha.... Chorei ainda mais.
    Toda vez que eu assisto o filme eu choro, é tão linda a história e aquela frase "Jamie salvou a minha vida. Ela me ensinou tudo... sobre a vida, esperança, e a longa jornada adiante. Sempre terei saudade dela. Mas o nosso amor, é como o vento, não posso ver, mas posso sentir."
    Eu super acho linda, super me emociono (Sou Uma Chorona, eu sei kkkkk)
    Beijos
    http://aculpaedosleitores.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A cena é linda mesmo, confesso que também chorei hahah
      Beijo Taty

      Excluir
  4. Ah, eu não sou fã do Nicholas. Acho os romances que escreve bacanas mas um pouco clichês. E até hoje o odeio por não deixar os principais juntos em Querido John kk enfim, amei sua ideia de post Livro x Filme rs Não ta afim espalhar essa coluna não? hUAHUAH /adoro colunistas novos <3 uisdfhsiufhsi

    Mas voltando a sua comparação, eu nunca li o livro, apenas assisti o filme. E se tivesse lido com certeza teria a mesma reação que a sua; como já falei, amei teu post. Além de engraçado haha

    Beijinhos!
    webteentwl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que fofa, desculpa Tainá mas no momento não tenho tempo quase pra nada, o pouco tempo que me resta dedico a ler e cuidar do blog. Quem sabe mais para a frente, mas muito obrigado pelo convite, bjs <3

      Excluir
  5. Eu odiei o filme, sinceramente. Eu sempre prefiro o livro, é claro, porque o livro tem mais coisas, mas esse filme mudou completamente a história, odiei com todas as minhas forças. Jamie é uma pessoa encantadora, não uma garota sarcástica blablabla, enfim.
    O livro é perfeito, eu me encantava com Jamie, principalmente a parte que ele poem dinheiro dentro da latinha que ela coloca pra as crianças do orfanato de natal. Amei mesmo. O jeito que ela sem querer mudou ele, é lindo. E principalmente a bíblia e etc.
    É isso que tenho a dizer.
    Mirelle.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FINALMENTE ALGUÉM QUE PENSA COMO EU HAHAH.

      Excluir
  6. Quando assiste o filme, o amei loucamente. Mas assim que li o livro, comecei a detestá-lo. As diferenças entre os dois são óbvias me incomodaram bastante. Sem contar que não achei que os atores combinaram com os papéis, após ver no papel a personalidade dos personagens.
    Parabéns pelo post e abraços :D
    http://meuprazerliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme tirou toda a essência do livro, por isso não gostei. Mas ele como filme em si é legal, se não fosse adaptação de um livro iria gostar muito mais. Porém, como amo o livro, só consigo pegar raiva do filme. Quanto aos atores, eu até gostei, tirando o autor que interpreta o Landon.

      Excluir
  7. Eu não sou mto fã de romance, e já assisti o filme, mas agora depois de ler sua resenha pretendo ler o livro!

    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, o livro é perfeito e mil vezes melhor que o filme!

      Excluir
  8. Adorei sua resenha e como sempre o filme nunca irá ser melhor do que o livro. O livro é completo e minucioso, é cheio de imaginações e cada parte é importante e satisfatório, portanto o amor para recordar foi uma dos livros que li em pouco tempo, visto que é emocionante, triste e um livro que te surpreende e te faz querer ler sem parar, sem falar que é do nosso admirável Nicolas Sparks, que até hoje os livros que li deste autor nunca me decepcionaram, são obras magnificas e muitas vezes nos faz pensar, imaginar, sonhar e perceber que tudo isso faz parte do nosso dia a dia, coisas pequenas e simples que tem um grande significado. Parabéns Felipe. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, concordo com tudo. Nicholas é um dos meus autores favoritos, os livros dele são lindos demais, até agora, gostei muito de todos dele que li. Bjo

      Excluir
  9. Eu assisti ao filme muito antes de saber que existia um livro, e naquela época o filme se tornou um dos meus favoritos e acho que por causa disso gostei mais da adaptação.
    Amo os livros do Nicholas, adorei a construção dos personagens das duas 'histórias', pq não há como negar as enormes diferenças entre os do livro e os do filme.

    Bjs
    http://confraria-cultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. adorei a comparação,ja tinha visto o filme algumas vezes e recentemente consegui um exemplar e estou lendo..como voce tambem estou odiando o filme ,depois de ter lido o livro,eles mudaram tudo no filme

    ResponderExcluir
  11. No filme faltou tudo o que falaram ai na resenha,f altou o smelhores momentos do livro, pra comçar o livro não começa como no filme, Landon convida Jamie para o bile, ai acontece uma pequena discussão no baile com o amigo dele, ai Jamie contorna a situação, ai Jamie pergunta se Landon quer participar do Teatro e não o Diretor do Colégio,e le recolhendo os vidros de picles e potes que ela espalhou pela cidade, ele dando de presente o suéter, embaixo da arvore de natal no orfanato ,ele sempre acompanhando ela até em casa sempre, quando ele engrossa com ela em determinado momento que não queria participar do teatro, e depois se sente arrependido, o casamento que ela entre em cadeira de rodas, e depois se lenvanta e tenta ir andando, e o Landon se ajoelha do lado dela e depois o pai dela tbm e o final, do livro que ficou meio discutível que é :que ele diz que agora acredito que ,apesar de tudo ,que milagres podem acontecer. tudo isso teria ficado perfeito nas atuações de Mandy e Shane,o filme tbm tem sua escencia ,mas quem ler o livro,a meu cara vai querer uma nova adaptação e Um Amor Para Recordar.

    ResponderExcluir
  12. Eu AMO o filme! Acho lindo demais! Tenho muita vontade de ler o livro e não sabia que o filme era tão diferente dele assim :(

    ResponderExcluir
  13. que que o landon duol para o orfanato no livro?

    ResponderExcluir

Perfil


Felipe Mateus
Um devorador de livros. Viciado em young adult, sick-lit, distopia, fantasia, thriller e dentre outros gêneros que não sabe nem como classifica... O blog é uma forma que encontrou para expressar seu amor pela literatura.Mais?

Pesquise

Fanpage

Seguidores